0

Reforma da Previdência - Aposentados serão atingidos

Hoje começa o processo de aprovação da reforma das leis previdenciárias, com o envio do projeto para a comissão especial da Câmara dos Deputados.

Além das reformas trabalhistas, pretende o Governo Temer, alterar a legislação previdenciária, com aumento de tempo de contribuição, idade, etc.

Tenho visto, que erradamente, as pessoas que estão aposentadas acreditam que não serão atingidas.
Ledo engano.

Explico:
O custeio dos benefícios já deferidos dependem dos trabalhadores na base, daqueles que contribuem hoje para se aposentar amanhã (ou nunca, de acordo com as novas regras, caso sejam aprovadas na integra)
O Brasil adota o modelo de repartição, ou seja, trabalhadores ativos ajudam a pagar o benefício a quem já se aposentou

Pergunto, com as mudanças pretendidas, quem em sã consciência continuará a contribuir para a previdência, se não haverá esperanças de se aposentar?

A tendência é que se aumente o número de trabalhadores informais, que trabalham por conta própria ou até aqueles que não queiram ser registrados em CTPS (carteira de trabalho) para evitar a contribuição obrigatória.

Da mesma forma deve aumentar o número de trabalhadores que optarão por aposentadoria privadas ou planos de aposentadoria complementares, eis que o sistema oficial não passará a ser atrativo.

Logo, não haverá trabalhadores na base para a manutenção das aposentadorias e consequentemente dos aposentados atualmente.

Assim, quem já está aposentado corre o risco de ficar sem renda nenhuma, pois da forma como proposto a Previdência irá quebrar na próxima década, ou até antes.

Então sistema proposto pelo atual governo é literalmente "um tiro no pé", pois a previdência corre o risco de desaparecer por completo.

Fico pensando sinceramente, quem propôs algo tão prejudicial aos trabalhadores atuais e futuros. E se não houve alguém no sistema, capaz de pensar da mesma forma.

Quem trabalha na Justiça do Trabalho, Juízes, Advogados, operadores do Direito e afins, sabe que em todas as ações trabalhistas o recolhimento previdenciário é compulsório, desde a Lei 10035/2000. São 28,80%(no mínimo) sobre cada ação trabalhista.

Faça as contas: São milhões de ações todos os anos, milhões de ações onde as contribuições tanto da cota-parte do empregado quanto do empregador vão direto para os cofres públicos de forma compulsória!

Não acredito, de maneira alguma, que a Previdência é deficitária isso já foi demonstrado pelo estudo do Sindifisco (Sindicato dos fiscais da Receita Federal) e pela Unafisco (União dos fiscais da Receita Federal). 


O que há de forma inconteste é o desvio de verbas que deveriam ser destinados à previdência e que são desviados para outros fins.

Trabalhadores, ativos ou inativos (aposentados) devem se unir para evitar que isso aconteça. 



0 comentários:

Guia para Concursos Públicos

Guia para Concursos Públicos
A Hora É Agora: Diversos Editais Abertos

Comece Hoje mesmo e aprenda agora!!

Comece Hoje mesmo e aprenda agora!!
Curso totalmente On Line

Melhores Petições Trabalhistas!

Melhores Petições Trabalhistas!
Modelos Atualizados com o NOVO CPC

Aproveite a crise para lucrar!

Aproveite a crise para lucrar!
O segredo foi revelado: Imperdível!